12 de set de 2016

Teatro - Princípios Transgredíveis Para Amores Precários


SINOPSE: Em uma noite de junho de 1989, um pai recebe a visita da filha com a qual nunca conviveu e, durante o período de preparação de um jantar, revisitam o significado de diversas relações amorosas. Enquanto preparam o jantar, essa massa mesma de que é feita o amor, pai e filha se conhecem, se reconhecem, se influenciam, se transformam e vão construindo os Princípios Transgredíveis Para Amores Precários. Fazer da precariedade das possibilidades do amor um mote para a vivência do amor real e possível… eis um dos ingredientes deste jantar.

FICHA TÉCNICA:
Autor: Thales Paradela
Direção: Rafael Sieg
Direção de Produção: Ronaldo Tasso
Produção Executiva: Thaís Pinheiro
Elenco: Thales Paradela, Linn Jardim, Dâmaris Grün, Cristiane Maquiné e Ton Torres.
Figurino: Leandro Melo
Cenário: Jorge Luiz Machado e Melissa Paro
Iluminação: Tabatta Martins

SERVIÇO
Estreia: 09 de setembro
Temporada: 09 até 25 de setembro
Horários: Sextas, sábados e domingos, às 19h
Classificação: 12 anos
Local: Sesc Tijuca – Teatro II
Capacidade: 60 Lugares
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 539 – Tel: (21) 3238-2164
Preço: R$ 2,00 (associados), R$ 4,00 (meia entrada)  e R$ 8,00 (inteira)
Duração: 70 minutos

Meu Achismo: 
Você entra na sala do Teatro e se depara logo com um homem em pé, introspectivo, diante de um balcão picando cebolas e tomates. Parece que ninguém o nota, como se fosse parte do cenário assim como a equipe de sonoplastia que fica ao cantinho escuro depois das cadeiras. As pessoas se sentam, continuam conversando entre si, ainda agitadas antes da chamada do Sesc para o início da peça. O homem está lá, entre uma e outra bebericada de vinho, preparando uma refeição como se estivesse mesmo em sua casa. É parte da peça? O espetáculo já havia começando?

Sim, já havia, mas ninguém ainda percebeu, até o Sesc anunciar como sempre faz. E é assim que se inicia Princípios Transgredíveis Para Amores Precários, que em apenas 70 minutos se desenrolará um drama familiar, reencontros e a aceitação final através da compreensão dos fatos passados e dos sentimentos, tudo isso enquanto se prepara uma pequena mas expressiva refeição de massa, tomate, cebola e manjericão... de verdade! Confesso duas coisas: muito me chamou a atenção o vasinho com o manjericão (vivo, plantado) sobre a bancada do cenário, e a maior vontade de preparar esse prato tão simples em casa :)

É uma peça reflexiva, poética e até um pouco filosófica, com um final melancólico num cenário escuro, com música de fundo e fotos familiares de menina (representando a filha do protagonista) projetadas na parede, com o aroma do manjericão a preencher toda a sala... a erva da harmonia e compreensão. Não, o vasinho da erva não era só cenário...
.
Entremeado ao drama pessoal, o personagem de Thales Paradela ainda tem que escrever os 10 princípios do amor perfeito, que é irreal... mas com a compreensão de seu próprio drama, consegue desenvolver os princípios do amor que não é perfeito, posto que humano, mas que mesmo assim pode se tornar o ideal.

Princípios Transgredíveis para Amores Precários é um texto vencedor do Prêmio Seleção Brasil em Cena de 2015, do Centro Cultural Banco do Brasil. Estreou no Sesc Tijuca no último dia 9 de setembro e irá até o domingo, dia 25. Sempre às 19h, às sextas, sábados e domingos, em uma temporada popular ao valor simbólico de R$ 8.





Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...