22 de set de 2012

Hoje - Dia Mundial Sem Carro

Precisamos de oxigênio e não gás-carbônico. Precisamos de música, do som da vida, e não de roncos de motor e buzinas nervosas.

Um dia sem carro não fará muita diferença ao ambiente do planeta, mas servirá para refletir o quanto um carro é assim tão imprenssindível.

É necessário - e muito - uma política de transportes públicos mais ativa e competente, mas antes o carro tem que perder seu status de bem elitizado.

Neste sábado, 22 de setembro, o Greenpeace participará do Dia Mundial Sem Carro que propõe reflexão sobre o uso excessivo dos automóveis individuais.
O movimento que começou em algumas cidades europeias vem ganhando cada vez mais adeptos e tem como objetivo fazer com que as pessoas pensem sobre os problemas causados pelo uso intenso dos carros, principalmente, nos grandes centros urbanos. É também um convite ao uso de meios de transporte coletivos, de bicicletas, entre outros. 
Os automóveis individuais são cada vez mais criticados. Eles poluem e emitem CO2, um dos principais gases do efeito estufa, e não contribuem para a mobilidade da maior parte dos brasileiros. Ao contrário, engrossam e agravam os congestionamentos. As cidades são planejadas para servir aos motoristas e não privilegiam o transporte público.
Se você discorda dessa situação, participe do Dia Mundial Sem Carro. Deixe seu automóvel em casa e venha tornar o espaço reservado aos veículos em um lugar de convivência, reflexão e ativismo.
Local: Praça do Ciclista na Av. Paulista
Dia: 22/09
Horário: 10h às 14h (Alteração feita para dar espaço a outras atividades)
*programação sujeita à alterações em caso de chuva

Confirme a presença no evento pelo facebook, identifique-se com um dos voluntários presentes  no evento e ganhe um adesivo especial.

2 comentários:

Naty disse...

Olá!!

Já havia lido sobre isso, mais não sei se isso mudará o modo de pensar das pessoas!!

É muito comum hoje em dia vermos somente uma pessoa em um carro. Acho isso errado, pois além de poluir, o trânsito fica complicadíssimo.

Descobri o blog através do livro Raptores, que eu capturei no Fantasticon através do BookCrossing. Agora você já sabe com quem o livro está. Em breve irei lê-lo. u_u

Enquanto isso não acontece, faça uma visitinha no meu cantinho

Naty in Wonderland

Até mais

Pat Kovacs disse...

Oi, Naty!

Menina, vc me deixou super feliz!
Obrigada por capturar o Raptores, obrigada por vir aqui me visitar, por seguir o blog e ainda deixar comentário!

O lance de "um dia sem carro" é para fazer as pessoas refletirem sobre a real importância de ter um meio de transporte pessoal. É, as pessoas devem até refletir, mas para mudar a mentalidade é, de fato, preciso muito mais.

Jogar toda a responsabilidade no usuário é uma atitude cruel quando se pensa nos péssimos transportes públicos que nós dispomos. Então, para melhorar essa parte de trânsito e tudo que vem inserido no pacote, é necessário que haja uma política que dê jeito nos meios de transportes para a população, transportes seguros, com algum conforto e dignos.

Infelizmente, como é com tudo por aqui (saúde, emprego, educação) é necessário o trabalho sério, competente e realmente interessado no bem maior por parte dos governos.

Por ora, o máximo que o usuário pode fazer é usar seu transporte pessoal com consciência e fazer uma lotada com os amigos ou conhecidos, deixando de andar sozinho dentro do carro. É uma boa forma de auxílio ao ambiente e ao trânsito, e de quebra, o dono do automóvel ainda ganha uma graninha para as despesas do carro, se ele quiser pedir ajuda de custo aos seus caronas.

Mto obrigada, Naty!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...